A Força de um Objetivo

14 de janeiro de 2020 - Objetivos, Planejamento Estratégico Pessoal

A Força de um Objetivo

Em um famoso discurso, em 25 de maio de 1961, John F. Kennedy lançou o desafio de, antes de a década terminar, “enviar homens à Lua e retorná-los a salvo”. O discurso de Kennedy mudou o foco do programa espacial dos Estados Unidos para alcançar o objetivo de pousar uma nave tripulada na superfície da Lua antes que a década terminasse. O projeto culminou com o pouso da Apollo 11 no solo lunar em 20 de julho de 1969.

Este importante fato histórico revela e ilustra, de forma fantástica a força de um objetivo. Sem dúvida nenhuma, o propósito enunciado pelo presidente Kennedy naquela data foi a principal alavanca para obter a conquista da Lua pelo ser humano nesse dia histórico.

Com certeza a famosa frase de Kennedy se transformou numa inspiradora orientação estratégica para o programa espacial americano, dando origem a uma infinidade de ações voltadas à conquista do objetivo decorrente desta orientação estratégica: “pousar uma nave tripulada na superfície da Lua antes que a década terminasse”.

A força dos objetivos decorre, principalmente, do fato que sua definição permite concentrar recursos e esforços naquilo que verdadeiramente se deseja alcançar.

É importante ter em mente que este princípio se aplica a países, empresas – sejam elas públicas ou privadas – organizações não governamentais, clubes e, também, a pessoas físicas como você e eu, independente de idade, profissão ou situação financeira.

Quem não define os objetivos que deseja alcançar desperdiça tempo, recursos e esforços desnecessariamente e, raramente, consegue realizar seus sonhos. É como se deixar levar pela correnteza de um rio, sem saber aonde irá desaguar. Além disto, pessoas que agem desta forma são um campo fértil para a plantação de objetivos alheios, os quais, com muita frequência, são prejudiciais.

Já aqueles que orientam sua vida por objetivos bem definidos, atualizados e renovados, focam os esforços, recursos, tempo e atenção neles e, mais tarde ou mais cedo, conseguem conquistar os resultados almejados. Estas pessoas tendem a ser muito melhor sucedidas que o grupo anterior, pelo simples fato de ter um foco que canaliza toda sua energia para aquilo que de fato desejam.

É isto que levou ao famoso filósofo romano Sêneca a proferir a seguinte frase: “Se o homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”.

Da mesma forma, o filósofo alemão Arthur Schopenhauer afirmou: “Não existe vento favorável para quem não sabe onde deseja ir”.

Sonhos v/s Objetivos

Muitas pessoas confundem estes dois conceitos, acreditando que são sinônimos. Porém, eles não são equivalentes e conhecer sua diferença é de fundamental importância quando se trata de alcançar resultados desejados.

Os sonhos podem ser definidos como desejos ou declarações de intenção, porém não apresentam a especificação necessária para serem caracterizados como objetivos.

No exemplo relatado no início deste artigo, a frase do discurso do presidente Kennedy “enviar homens à Lua e retorná-los a salvo” corresponde a um sonho, enquanto que a frase que constituiu o foco do programa espacial americano: “pousar uma nave tripulada na superfície da Lua antes que a década terminasse” corresponde a um objetivo.

Outro fato histórico que pode nos ajudar a diferenciar estes dois conceitos – Sonhos e Objetivos – é o discurso proferido por Martin Luther King durante a famosa Marcha de Washington, em 1963. No seu discurso, o ministro de uma igreja batista de Atlanta afirmou: “Tenho um sonho de que um dia… os filhos de ex-escravos e os filhos de ex-senhores sejam capazes de se sentar juntos à mesa da fraternidade… Tenho um sonho de que meus quatro filhos viverão um dia numa nação onde eles não serão julgados pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo de seu caráter… Tenho um sonho de que meninos negros e meninas negras poderão dar as mãos a meninos brancos e meninas brancas tal como irmãs e irmãos. Hoje eu tenho um sonho!”.

Assim como no discurso de Kennedy, o discurso de Martin Luther King também apresenta sonhos, como ele mesmo denomina, dado que as frases expressam desejos ou declarações de intenção, as quais não possuem a especificação necessária para transformá-las em objetivos.

No caso de pessoas como você e eu, alguns sonhos comuns incluem: Adquirir um determinado bem (carro, casa, eletrodomésticos, equipamentos de informática, etc.); Viajar; Perder peso; Aprender um determinado idioma; Aprender a tocar um determinado instrumento musical; Melhorar a vida familiar; Ter boa saúde; Deixar de fumar; Diminuir o consumo de álcool, etc.

Cabe assinalar que é muito bom, além de importante, ter sonhos. Um bom exemplo disto são os benefícios de extrema relevância para a humanidade gerados pelos sonhos que fizeram parte dos discursos de John F. Kennedy e Martin Luther King. No entanto, é preciso reconhecer que não foram estes sonhos que diretamente geraram esses benefícios, mas sim os objetivos, metas e planos de ação que resultaram deles.

Uma Mensagem Final

A PERSPECTIVA Consultores Associados estuda e pesquisa este tema há muito tempo, e tem plena convicção de quanto o Planejamento Estratégico Pessoal pode ser útil e importante para um grande número de pessoas.

É exatamente esta convicção que nos levou a decidir desenvolver um Programa de Planejamento Estratégico Pessoal, o qual visa auxiliar aquelas pessoas que sentem alguma dificuldade para elaborar seu Plano Estratégico Pessoal sozinhas.

O Programa é composto por seis etapas e dezoito módulos sequenciais que abordam todos os aspectos envolvidos no processo de elaboração do Plano de Vida ou Plano Estratégico Pessoal.

O Programa de Planejamento Estratégico Pessoal é, na verdade, uma consultoria de processo que permite aos participantes elaborar, passo a passo, seu Plano Estratégico Pessoal, através dos “deveres de casa” feitos após a conclusão de cada módulo do Programa.

Se você deseja conhecer mais detalhes sobre o Programa de Planejamento Estratégico Pessoal da Perspectiva Consultores Associados, basta entrar em contato conosco através do e-mail perspectiva@perspect.com.br

Esperamos que o conteúdo deste post tenha sido de seu interesse, estimulando-o a conhecer outros assuntos vinculados ao processo de Planejamento Estratégico Pessoal.

Esperamos também sua visita frequente ao nosso blog e contamos com você para compartilhar os conteúdos nele apresentados com seus familiares, amigos, colegas de trabalho, etc., através das redes sociais das quais você participa. Desta forma poderemos contribuir para a melhoria da qualidade de vida de um número significativo de pessoas.

Por favor deixe seus comentários abaixo. Eles serão sempre do nosso interesse e de todos nossos leitores, ajudando-nos a melhorar de forma continua o conteúdo do blog.

Deixe seu comentário