Descobrir a missão pessoal nem sempre é uma tarefa fácil

13 de outubro de 2022 - Direcionadores Estratégicos, Planejamento Estratégico Pessoal

Descobrir a missão pessoal nem sempre é uma tarefa fácil

Como sabemos, a Declaração de Missão é um dos elementos mais importantes e influencia de forma extremamente relevante o processo de Planejamento Estratégico Pessoal.

No entanto, descobrir a Missão Pessoal nem sempre é uma tarefa fácil.

Alguns estudiosos e pesquisadores afirmam que todos nascemos com uma Missão pré-estabelecida, embora não saibamos expressá-la adequadamente, da qual perdemos a consciência na medida em que crescemos e nos tornamos jovens  e, mais tarde, adultos.

A causa deste fenômeno seria o fato de que, na medida em que crescemos, passamos a ser significativamente influenciados pela educação que recebemos, primeiro no seio familiar, e mais tarde nas instituições de ensino pelas quais passamos, o que faz com que nossa “Missão natural” vai sendo substituída aos poucos por orientações, desejos e determinações de terceiros, principalmente pelos pais, parentes, amigos, professores e pela própria sociedade.

Alguns fatos ilustram e evidenciam claramente esta situação, dentre os quais cabe destacar:

a) No período da infância e da adolescência, as crianças e jovens com vocação artística, por exemplo, são pouco incentivadas pelos seus pais a desenvolver seus talentos naturais que, pelo menos em alguns casos, poderiam fazer parte da sua Missão.

b) Na maior parte dos colégios que as crianças e jovens frequentam, os currículos são padronizados e devem ser seguidos por todos, independentemente das suas vocações pessoais.

c) Mais tarde, quando se aproxima o momento de cursar um curso superior, no caso de quem tem esta oportunidade, os jovens são pressionados a escolher profissões por diversos motivos que nada tem a ver com sua vocação. Dentre estes motivos cabe destacar: potencial de ganhos financeiros, facilidade para encontrar emprego, prestígio social, facilidade para ser aprovado no vestibular, status, continuidade da profissão dos pais, etc.

A indefinição de uma Missão e de uma Visão de futuro desejado faz com que esses jovens não estejam conscientes, nem preparados, para tomar a decisão sobre sua formação profissional com base nestes direcionadores estratégicos.

Segundo artigo publicado pela versão digital da Folha de São Paulo, de autoria de Antônio Gois, da Sucursal do Rio de Janeiro, sobre pesquisa realizada pelo Observatório Universitário, comparando a formação original e a profissão de 3,5 milhões de trabalhadores brasileiros formados em 21 áreas, 53% trabalham em áreas diferentes da sua formação profissional original.

Um outro artigo, publicado pela versão digital de O Globo, afirma que apenas 33% dos trabalhadores com nível superior no país estão ocupados em funções diretamente relacionadas ao seu diploma universitário. Considerando também aqueles que exercem funções parcialmente relacionadas à formação, este percentual sobe para 48%, o que significa que a maioria dos brasileiros de mais alta qualificação atua hoje em setores que nada têm a ver com seu curso.

d) Igual situação ocorre quando os jovens procuram emprego. Como a grande maioria deles desconhece sua Missão, a escolha se dá por razões que raras vezes guardam relação com o que eles, de fato, gostariam de fazer na vida.

Segundo o relatório Protegendo o Futuro do Trabalho, 53% dos brasileiros querem mudar de profissão após a covid-19. Os principais motivos são equilíbrio entre vida pessoal e profissional (50%), desejo por um salário mais alto (49%), busca por uma função mais significativa (31%), redução da jornada de trabalho (31%) e trabalho por prazer (14%).

Por outro lado, segundo uma pesquisa realizada pelo aplicativo Survey Monkey, nove em cada dez brasileiros estão infelizes em seu atual ambiente de trabalho. O consultor de carreiras Fredy Machado também analisou a insatisfação em 21 Estados brasileiros e constatou que 64% das pessoas gostariam de fazer algo diferente do que fazem hoje para serem mais felizes.

Nesta fase da vida, apenas algumas poucas pessoas afirmam conhecer sua Missão e viver de acordo com ela. Dentre elas cabe destacar aqueles que exercem atividades religiosas, muitos das quais afirmam que descobriram sua verdadeira Missão através de visões, chamados ou sonhos.

Porém, para a imensa maioria das pessoas, é justamente nestes momentos de insatisfação que começa a árdua tarefa de descobrir sua Missão na vida, isso se tiveram a oportunidade de tomar conhecimento, mesmo que de forma superficial, do processo de Planejamento Estratégico Pessoal.

Identificando sua Missão

Para lhe ajudar a descobrir sua Missão, sugerimos que siga os seguintes passos:

Passo 1:

Responda às questões abaixo:

  1. Que atividades você gosta ou gostaria de realizar?
  2. Quais das atividades relacionadas no item anterior você realiza facilmente e de forma satisfatória.?
  3. Por quais atividades você costuma ser reconhecido e elogiado por parentes, amigos, colegas de trabalho, etc.?
  4. Para quais atividades você costuma ser solicitado a participar para ajudar a realizá-las?
  5. Em relação a quais assuntos você é frequentemente solicitado a dar conselhos ou a ensinar o que sabe?
  6. Na  sua opinião, quais das atividades que você realiza, ou gostaria de realizar, tem maior impacto positivo na sua família, ambiente de trabalho, comunidade ou instituições das quais você participa?

Passo 2:

Com base nas suas respostas identifique, preliminarmente, até 3 alternativas de atividades às quais você poderia se dedicar, atendendo, simultaneamente, todas as características abordadas pelas questões acima.

Passo 3:

Redija a Declaração de Missão para cada uma das alternativas que você identificou no passo anterior.

Passo 4:

Avalie cada Declaração de Missão redigida no passo anterior, respondendo às seguintes perguntas, para cada uma delas, e calcule a nota média.

Selecione a Declaração de Missão com maior Nota Média, desde que ela seja superior a 4,0. Caso contrário, repita os passos 3 e 4 tantas vezes quantas forem necessárias.

 Conheça Algumas Missões Pessoais Inspiradoras

Mudar vidas construindo pontes é o que Toni Ruttimann tem feito nos últimos 27 anos. Inspirado por relatos dos estragos causados por um terremoto no Equador em 1987, ele jurou “fazer alguma coisa”. Depois de recolher doações em Pontresina, sua cidade natal na suíça, foi para o Equador em busca de uma forma de ajudar. Na época com 20 anos, descobriu aldeões que haviam ficado isolados depois de perderem sua ponte. Esticando ao máximo a pequena quantia que trouxera da Suíça e com a ajuda de um engenheiro holandês, construiu com os aldeões sua primeira ponte em cinco meses. Encontrara o trabalho de sua vida.

John Wood era um grande executivo, mas virou a mesa: criou milhares de livrarias pelo mundo para comunidades carentes. Felizmente Woods não se contenta em fazer pouco. Fundador da Room to Read (literalmente, “sala para leitura”, em inglês), esse norte-americano que tinha tudo para se tornar apenas mais um discípulo de Bill Gates já criou mais de 287 escolas e 3.600 bibliotecas. Resultado: 1,5 milhão de crianças favorecidas em países como Nepal, Índia, Sri Lanka, Camboja, Vietnã, Laos e África do Sul.

Em 1977, o engenheiro mecânico Don Schoendorfer, da Califórnia, e sua esposa, Laurie, viram em Marrocos uma mulher inválida arrastando-se pela estrada, quase como uma cobra, usando as unhas para se deslocar. Naquele país, os deficientes físicos eram considerados inferiores aos mendigos e tratados com supremo desprezo. Ele decidiu ajudar e criar a cadeira de rodas mais barata do mundo. Já entregou gratuitamente mais de 63.000 cadeiras a pessoas que desejavam desesperadamente deslocar-se.

Uma Mensagem Final

A PERSPECTIVA Consultores Associados estuda e pesquisa este tema há muito tempo, e tem plena convicção de quanto o Planejamento Estratégico Pessoal pode ser útil e importante para um grande número de pessoas.

É exatamente esta convicção que nos levou a decidir desenvolver um Programa de Planejamento Estratégico Pessoal, o qual visa auxiliar aquelas pessoas que sentem alguma dificuldade para elaborar seu Plano Estratégico Pessoal sozinhas. Ele também pode ser útil para consultores na área de gestão de Recursos Humanos, bem como para outros profissionais e estudantes universitários interessados nesta área.

O Programa é composto por seis etapas e dezoito módulos sequenciais que abordam todos os aspectos envolvidos no processo de elaboração do Plano de Vida ou Plano Estratégico Pessoal.

O Programa de Planejamento Estratégico Pessoal é, na verdade, uma consultoria de processo que permite aos participantes elaborar, passo a passo, seu Plano Estratégico Pessoal, através dos “deveres de casa” feitos após a conclusão de cada módulo do Programa.

Se você deseja conhecer mais detalhes sobre o Programa de Planejamento Estratégico Pessoal da Perspectiva Consultores Associados, basta entrar em contato conosco através do e-mail [email protected] .

Esperamos que o conteúdo deste post tenha sido de seu interesse, estimulando-o a conhecer outros assuntos vinculados ao processo de Planejamento Estratégico Pessoal.

Esperamos também sua visita frequente ao nosso blog (https://blog.academiaperspectiva.com/) e contamos com você para compartilhar os conteúdos nele apresentados com seus familiares, amigos, colegas de trabalho, etc., através das redes sociais das quais você participa. Desta forma poderemos contribuir para a melhoria da qualidade de vida de um número significativo de pessoas.

Além disso, se você sente necessidade e tem interesse em se transformar no arquiteto de seu próprio destino, saiba que você não está sozinho!

Caso seja usuário(a), do Linkedin, é nosso(a) convidado(a) para participar do grupo “Planejamento Estratégico Pessoal” https://www.linkedin.com/groups/9181650/.

Caso seja usuário(a) do Facebook, é nosso(a) convidado(a) para participar do grupo “Planejamento Pessoal” https://www.facebook.com/groups/403497728445588.

Estes grupos tem por objetivo divulgar e compartilhar conhecimentos e experiências referentes ao processo de Planejamento Estratégico Pessoal.

Aproveite esta oportunidade para ter acesso aos principais conceitos e ferramentas referentes ao processo de Planejamento Estratégico Pessoal.

Por último, se você está lendo este post no nosso blog, por favor deixe seus comentários. Eles serão sempre de nosso interesse e de todos nossos leitores, ajudando-nos a melhorar de forma continua os conteúdos disponibilizados.

E lembre-se…. “Aquele que não luta pelo futuro que quer, deve aceitar o futuro que vier”.

🎯 Planejamento Estratégico PessoalTorne-se o Arquiteto do seu Próprio Destino

Para pessoas que sentem alguma dificuldade para elaborar o seu Plano de Vida sozinhas, a Academia Perspectiva desenvolveu um Programa que constitui um guia passo a passo que conduzirá o participante no processo de elaboração do seu Plano Estratégico Pessoal, através de “deveres de casa”, que serão propostos nas diversas Fases do Programa.

Podem participar deste Programa todos aqueles interessados em aumentar seu nível de autoconhecimento, bem como o equilíbrio entre os diversos aspectos essenciais da vida, além de estabelecer objetivos e planos de ação que lhes permitam focar e concentrar seus esforços, recursos e energia em prol de uma vida mais plena e mais alinhada com sua Missão, Visão e Valores e, portanto, mais feliz.

Saiba mais sobre o Programa

Deixe seu comentário